Dicas para Conservação

Dicas de como Conservar sua Bolsa Feminina

Assim como todo material, o sintético também tem suas singularidades do quesito cuidados, então para manter suas bolsas sempre lindas e para elas terem uma vida longa, siga essas dicas de especialistas do assunto:
  • Guarde sua bolsa em lugar seco e arejado;
  • Limpe apenas com água e sabão neutro, e depois passe um flanela seca;
  • Deixe secar a sombra, pois o sol poderá afetar a cor do couro;
  • Para limpar os metais use uma flanela com produto adequado;
  • Excesso de peso podem deformar sua bolsa e danificar as alças;
  • Tintas das canetas, batom, podem manchar sua bolsa para sempre;
  • Tesouras, agulhas, podem provocar danos irreparáveis.
  • Se respingar óleo de qualquer natureza em sua bolsa, logo em seguida coloque um pouquinho de talco, ele suga o óleo.
  • Não use acetona nem álcool para limpeza. Ambos tiram o brilho do material. O uso de produtos químicos pode ressecar e danificar o material.
  • Para limpeza o melhor é  usar um paninho úmido com água e secar logo em seguida
  • As bolsas de couro podem ser limpas com vaselina liquida espalhada com um pano branco e macio. Além de limpar o couro, a vaselina também hidrata.
  • Guardar as bolsas brancas em sacos de TNT (as bolsas By Flávia Monteiro acompanham TNT) pretos ou azuis para que não fiquem amareladas, evite local úmido por causa do mofo. Para limpá-las utilize sabonete Dove, pois ele tem hidratante e vai conservar a maciez do seu produto ou veja multi-uso.




  • Zíper emperrado 
Esfregue sobre o zíper (perto da alça) um sabonete novo e seco.Passe um lápis preto comum (nº2) riscando para baixo e para cima, forçando em seguida o gancho para frente e para trás, até que comece a correr.

- Evite carregar muitos objetos.Lembre-se: ela é uma bolsa e não uma mochila. A sua bolsa deve ser leve para não sobrecarregar o ombro.


Dicas de como conservar as ferragens das bolsas:

No verão, o cuidado é redobrado para que a peça não entre em contato com Protetor solar, loções e outros produtos que podem danificar a ferragem. Outra dica importante é evitar o contato com perfumes e cosméticos – o mesmo vale na hora de passar cremes nas mãos e no corpo!
No inverno também requer cuidados como, por exemplo: se molhou enxugue com uma flanela seca, mas jamais guarde sua bolsa molhada ou úmida.

Evitar o contato direto com produtos de limpeza, produtos químicos e abrasivos
Evitar o contato prolongado com o suor do corpo;
Utilizar apenas uma flanela seca para a limpeza;

Tomando estes cuidados, você vai ter ferragens e as bolsas sempre bonitas e bem conservadas.

E lembrem-se ferragens é como bijuteria não é jóia e não tem garantia, a única garantia é por defeito de fabricação, mau uso das peças não garante qualidade da mesma.

Dicas para conservação do calçado

Limpar sempre os calçados antes de aplicar qualquer produto de engraxe ou conservação;
 (para evitar que partículas de pó ou terra permaneçam sobre o couro e posteriormente venham arranhá-lo); 
Couros com cores claras ou couros animal devem ser tratados com pomadas neutras ou com lustros à base de cera natural;
Não colocar em máquina de lavar
O calçado deve secar naturalmente na sombra e em ambiente arejado. Jamais secar os calçados artificialmente (máquina de secar, etc);
Nunca colocar o calçado em estufa, no sol, perto do fogo ou atrás da geladeira para acelerar o processo, pois uma secagem violenta pode provocar o endurecimento do couro; quebrar com a flexão ou distorcer o formato. Além disso, as solas podem descolar fundir, amolecer, encolher ou se deformar.
Efeitos do suor

O suor provoca o endurecimento do couro, tornando-o quebradiço e encurtando sua vida útil, podendo provocar ainda odores desagradáveis e favorecer o desenvolvimento de fungos. Os efeitos do suor e da umidade podem ser minimizados através:
Da colocação do par que não está em uso em local de boa ventilação;
Do uso de meias absorventes;
No caso de pés muito quentes, em uma maior freqüência na troca de meias e lavagem dos pés

Verniz:
 “Recomenda-se o não uso de escovas, porque vai riscar o verniz. O aconselhável é uma flanela úmida e, em seguida, uma seca”.

Camurça:
 “Existem sprays. Mas quando a camurça for molhada, deve colocar, dentro, papel dobrado para tirar a umidade”.

Couro:
 “Uma vez por semana, para quem usa diariamente, engraxar. A graxa faz com que tenha uma durabilidade maior”.

Pele de animais:
 “É só escovar. Não tem outro tratamento”.

Borracha e plástico:
 “Não deixa que o pé respire. É preciso fazer uma higienização. Pode usar água. Sabão de coco com água morna ou gelada. Depois enxugar”.

Material sintético:
 “O tratamento é simples. Um plano úmido e, em seguida, um pano seco. Depois, deixar em local arejado”.

Lona:
 “Tem que ter cuidado. Ao lavar, usar sabão de coco”.

Tênis:
 “Retirar a palmilha. Lava externamente, com escova e sabão. Há quem use o processo nas máquinas de lavar. Já existem uns sacos apropriados para o uso na máquina de lavar, para agredir menos. Mas o tênis é um calçado que tem muita resistência”.

Para terminar, certas coisas estão proibidas. “Usar sapato com pé sujo”.


Paginas